Medicamento para insuficiência cardíaca pode tratar sintoma de Covid-19

0
43

A síndrome da taquicardia ortostática postural (STOP) é um distúrbio que afeta o sistema nervoso do corpo, causando uma frequência cardíaca elevada. Recentemente, o STOP foi identificado como um potencial sintoma de “longa duração” da Covid-19.

Pesquisadores da Escola de Medicina da Universidade da Califórnia em San Diego investigaram a droga ivabradina e seus efeitos na frequência cardíaca, qualidade de vida e níveis de norepinefrina (hormônio do estresse) em 22 pacientes que vivem com STOP.

No estudo, os pacientes receberam ivabradina ou um placebo por um mês e, em seguida, foram submetidos a um período de limpeza, em que nem a droga, nem o placebo foram tomados por uma semana no final desse mês. Após esse período, os participantes que haviam recebido ivabradina anteriormente mudaram para o placebo e vice-versa por mais um mês.

Após um mês de uso de ivabradina, os participantes tiveram uma redução na freqüência cardíaca, melhora nos sintomas e na qualidade geral de vida. Os pesquisadores também observaram que a droga foi bem tolerada e não causou efeitos colaterais significativos.

“Antes do estudo, esses pacientes conviviam com frequência cardíaca elevada, variando de 100 a 115 batimentos por minuto em pé. Após tomar ivabradina duas vezes ao dia durante um mês, a freqüência cardíaca em pé diminuiu significativamente para cerca de 77 batimentos por minuto em comparação com o grupo do placebo. Os participantes também relataram melhora nas medidas de qualidade de vida com o uso do medicamento ”, disse Pam Taub, professora associada de medicina da UC San Diego School of Medicine.

Fonte: Istoé

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


CAPTCHA Image
Reload Image