Farmacêutica sobe 240% após dizer ter possível “cura” da covid-19

Sorrento Therapeutics afirma ter encontrado anticorpo capaz de blindar corpo de ser contaminado por coronavírus

0
132

As ações da farmacêutica do estado da Califórnia Sorrento Therapeutics chegaram a subir 241,6%, na Nasdaq, na máxima desta sexta-feira, 15, após a empresa afirmar ter encontrado a cura do coronavírus covid-19.

Com o rali para as ações da Sorrento, a companhia chegou ao seu primeiro bilhão de dólares de valor de mercado. Os papéis da empresa fecharam em alta de 158%, cotados a 6,76 reais. Com isso, o valor de mercado da companhia era de cerca de 1,37 bilhões de dólares. A Gilead, sua concorrente na disputa pela descoberta da cura, é cerca de 70 vezes maior, avaliada em 95,61 bilhões de dólares.

Em comunicado, a Sorrento anunciou que descobriu o STI-1499, um anticorpo que diz blindar o organismo contra o vírus e que teve “100%” de eficiência na inibição da infecção em testes pré-clínicos. “Nosso anticorpo STI-1499 mostra um potencial terapêutico excepcional e pode potencialmente salvar vidas, após o recebimento das aprovações regulatórias necessárias”, afirmou Henry Ji, presidente e fundador da empresa.

A companhia informou que este deve ser o primeiro anticorpo de um coquetel que desenvolve para combater a doença. A Sorrento disse ter examinado bilhões de anticorpos e identificado algumas centenas que se ligam à proteína do covid-19. Desses, cerca de uma dúzia demonstram eficácia para bloquear a entrada do vírus nas células humanas, segundo a empresa.

“Nós queremos enfatizar que existe uma cura. Existe uma solução que funciona 100%”, afirmou Ji, em entrevista à Fox News. Embora o empresário tenha se mostrado assertivo, o possível tratamento contra o coronavírus ainda precisa ser aprovado pela Administração de Alimentos e Drogas dos Estados Unidos (FDA, na sigla em inglês). 

De acordo com o comunicado, a empresa espera produzir até duzentas mil doses do anticorpo STI-1499 por mês. Para tentar aumentar a produção a companhia afirmou que busca ajuda governamental e parceiros farmacêuticos. Com foco em anticorpos para tratamentos oncológicos, a Sorrento também vem buscando desenvolver tratamentos antivirais e vacinas contra o coronavírus, mas corre o risco de ser apenas mais uma pequena em uma briga de gigantes.

Fonte: Guilherme, EXAME.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


CAPTCHA Image
Reload Image