Projeto de lei alemão obriga pais a vacinarem seus filhos, sob pena de multa e exclusão em creches

0
188

Jens Spahn, Ministro da Saúde alemão, conduziu um novo projeto de lei determinando que a imunização das crianças contra o sarampo será obrigatória, e terá pena de multa para os pais que não vacinarem suas crianças e serão excluídos das creches.

Em uma entrevista ao jornal Bild am Sonntag, Spahn afirma que quer erradicar o sarampo e que qualquer um que frequenta jardim de infância ou a escola deveria ser vacinado contra a doença. Ele também explica que em seu plano, os pais nescessitariam provar a vacinação de seus filhos.

Devido ao crescimento dos movimento antivacina, o sarampo outrora erradicada nos Estados Unidos teve o número de casos registrados crescente e atingindo níveis alarmantes. O retorno do sarampo e de outras doenças devido a esses acontecimentos, iniciou um acalorado debate sobre a obrigatoriedade da vacinação contra o sarampo na Alemanha.

“Quem não vacinar seus filhos seria multado em 2.500 euros (cerca de R$ 11 mil)”, acrescenta o ministro.

Karl Lauterbach, especialista de políticas de saúde, afirmou ao jornal Augsburguer Allgemeine que sem multas não haveria avanço nesse processo.

O projeto está tramitando no gabinete ministerial em Berlim, e as expectativas estão na aprovação ainda neste ano e que comece em efetivo vigor a partir de março de 2020.

Fonte: G1 (editado)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor, digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui


CAPTCHA Image
Reload Image