Desafios da imunização vacinal e o retorno das doenças erradicadas.

0
341

Os benefícios da da vacinação são claramente demonstrada pela erradicação ou importante declínio da incidência das doenças imunoprevensiveis.No entanto, as coberturas das vacinas altamente recomendadas ainda são inadequadas nas diversas faixas etárias, e a população continua sofrendo de doenças que poderiam ser evitadas. Temos por exemplo os dois surtos de Sarampo  no norte do pais especificamente no estado do  Amazonas e Roraima, que em 2016 foi considerada erradicada porem segundo o Ministério da Saúde que divulgou nesta terça-feira ( 07/08/18) em que Segundo informações repassadas pelas secretarias estaduais de saúde, até o dia 06 de agosto, foram confirmados 788 casos de sarampo no Amazonas, 5.058 permanecem em investigação. Já o estado de Roraima confirmou 281 casos da doença e 111 continuam em investigação. A vacinação é o modo mais eficaz de inibir a volta de doenças já eliminadas no país. Para conter o avanço de casos no país, o Ministério da Saúde iniciou uma campanha de vacinação contra a poliomielite e o sarampo tendo como público-alvo as crianças de um a menores de 5 anos. ( site;WWW.portalms.gov.com.br )

Existe alguns fatores responsáveis pela reincidência   de doenças bacterianas e virais que são possíveis ser controladas  ou erradicadas sua disseminação através de vacinação, e que eventualmente observa o ressurgimento  de surtos em determinadas regiões do pais, dentre vários fatores podemos citar  dois que   podem ser considerados determinantes:

Conscientização Familiar

Ainda que um grupo pequeno , porem algumas atitudes familiares negativas deve-se a falta de conhecimento da relevância clinica de muitas doenças preveniveis. Uma serie de doenças que foram  prevenidas pela vacinação com por exemplo ( Poliomielite) e outras que são muito raras  estão desaparecendo da memória da população, Como resultado , seus efeitos são minimizados, e sua prevenção e considerada desnecessária por esse grupo de pessoas, sabendo que a Imunização ativa ( vacinação )  da população inicia  ao nascer e alguns esquemas vacinal finaliza quando ainda criança,  a prevenção de varias doenças estão ligadas indiretamente ao pais que devem se  responsabilizar  manter atualizado o carteira vacinação.Outra questão relevante e que  alguns pais acreditam que a imunidade provocada pela vacina e menos eficaz do que aquelas provocada pela própria doença, outro problema e o desconhecimento relacionado a segurança das vacinas e eventos adversos, dentre esse e outros fatores contribuir para o retorno de doenças que outrora estava sob controle através da imunização, por isso a importância de manter os pais informados e conscientes da eficácia das vacinas e de seus benefícios que e fundamental

Sistema de Saúde

Devido a custos de principio ativo para produção de vacinas  ou pela escassez de fabricantes  algumas vacinas que já poderia ser  substituídas par ter uma maior cobertura de determinados patógenos  ainda não e possível, por exemplo a vacina contra pneumonia  no calendário da rede publica ( PNI), faz o esquema vacinal com prevenção  de 10  sorotipos  da doença enquanto  no calendário rede particular ( SBIM)  segue  a prevenção  de 13 sorotipos da doença  incluindo  os de maior incidência de infecção da doença. Também devido algumas indisponibilidade de ofertas de vacinas resulta  no fornecimento tardio ou insuficiente de vacinas e que posteriormente com  o prolongamento destas ocorrências pode ocasionar o surgimento surtos de determinadas doenças.As barreiras dos serviços de saúde  e uma questão que vem  se ajustando  a algum tempo, porem vem otimizando através do aumento de vacinas no calendário vacinal como por exemplo a VACINA CONTRA HPV  e conscientização dos profissionais públicos na área da saúde e a população.

Conclusão.

A manutenção da  imunização dos grupos por faixa etária como crianças, adolescente, adultos, gestantes e idosos imunodeprimidos dentre outros, e um desafio, porem de extrema relevância para  o controle  de doenças que já foram erradicada ou esta em declínio no pais, também a acurácia  e fundamental para melhor compreensão  e otimizar  as taxas de imunização entre a população de cada grupo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here


CAPTCHA Image
Reload Image